Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
AGENDA  (11-06-2018)
CURSO DE APOMETRIA  (22-05-2018)
TERAPIA PARA A ALMA  (22-05-2018)
Quem são os ajudadores  (21-05-2018)
AS CINCO ETAPAS  (17-05-2018)
Está com Dificuldades?  (17-05-2018)
QUEM SÃO ?  (17-05-2018)
QUER AJUDA?
O que mais incomoda você hoje?
Não consigo melhorar
Problemas financeiros
Vida afetiva
Vida profissional
Minha mãe
Meu pai
Minha saude
Minha religião
Ver Resultados

Rating: 2.9/5 (2499 votos)



ONLINE
2




Partilhe esta Página

PagSeguro


“VIVER É UMA ARTE, E EM ARTE NÃO EXISTE DEFEITO"
“VIVER É UMA ARTE, E EM ARTE NÃO EXISTE DEFEITO"

“VIVER É UMA ARTE, E EM ARTE NÃO EXISTE DEFEITO, MAS EFEITO...”

O que o título sugere é uma interpretação mais profunda de nossa jornada na terra, viemos através de nossos pais e conhecemos o mundo, formamos uma personalidade, nos adaptamos a cultura da localidade planetária que vivemos.

Não estamos neste planeta de primeira vez, já passamos por quase todos os países e somos em essência multiculturais, somos atores experientes em sua maioria, experientes em decorar os roteiros da vida, as mesmas falas os diálogos e até improvisos, (os cacos) mas já conhecemos a essência da mecânica operacional de cada peça que participamos.

Diferenciando-se as histórias contadas, porém pela experiência enfim já prevemos o final.

Muitos de nós ainda crêem que somos meros atores e que subimos ao palco com o roteiro decorado, que não participamos da elaboração do roteiro, da direção, da produção, enfim de toda a organização da peça que devemos encenar.

Como atores veteranos devemos saber sim que somos autores, roteiristas, diretores e produtores do espetáculo que participamos e que podemos sim afirmar com a sabedoria alcançada através da experiência vivida nos palcos da vida, sem medo de errar que na vida assim como na arte não existe defeito, mas efeito.

Nossos desafios, acertos e desacertos, tropeços são efeitos e não defeitos. Todos sabemos, que mesmo o ator mais experiente, veterano naquele momento crucial ante o público já esqueceu o texto.

O que fazer nessa hora ?

Ah! Criatividade, nosso dom maravilhoso, sim cada um dentro de sua experiência saberá improvisar a sua maneira pois conhece sua profissão, sua arte e seu público.

È preciso que sejamos criativos sempre que subirmos ao palco, porém fiel aos nossos ideais e compromissos,respeitoso com o público, pois sem ele não haveria espetáculo.

Nos bastidores longe dos olhares do grande público há uma multidão de coadjuvantes, colaboradores, parceiros, irmãos de jornada a nos auxiliar até que as cortinas se fechem.

Sonoplastia, iluminação, efeitos especiais, contra regra, enfim ...

Com toda a colaboração invisível aos olhos do público, temos sim que ter a honestidade de fazer o melhor, de dar o melhor de nós, por todos aqueles que se envolvem direta e indiretamente para que  o show da vida possa acontecer.

O efeito vem sempre nas horas mais difíceis, vejamos o exemplo de Van Gogh que pintou seus melhores quadros em momentos de pico de sua “loucura” genial.

È preciso entender que somos todos esses elementos em um só e todos eles são um em nós.

Ser grato a quem nos ajudou para realização de nosso espetáculo e fiel aos nossos irmãos mais velhos de jornada que com toda a paciência nos assistiram e no final nos aplaudem com todos os defeitos e qualidades.

Apesar de sairmos do roteiro, de esquecer o texto e dos muitos improvisos, sejamos gratos a todos que nos ajudaram a realizar este show da vida.

Afinal viver é uma arte ,somos todos artistas talentosos, sempre prontos para representarmos nosso papel no show da vida...

Sejam felizes e gratos até que as cortinas se fechem e as luzes se apaguem para que novos shows possam começar...

Gratidão a cada leitor pela oportunidade que me proporcionam na leitura deste artigo...

Sejam felizes

João Luiz Spósito – Brasília – DF

Janeiro 2018

João Luiz Spósito, nascido em Niterói RJ e radicado em Brasília. Desde 2007 desenvolve atividades na diretoria do Espaço Terapêutico Portal Via Luz em Brasília.Terapeuta Reikiano. Médium espiritualista cristão especializado em cura desobsessiva desde 1998. Trabalha com aconselhamento espiritual em casos terapêuticos mais delicados.

topo